Problema persiste na Marquise do Parque Ibirapuera, impedindo sua reabertura após quase 5 anos em São Paulo

A marquise do Parque Ibirapuera, um dos símbolos mais icônicos de São Paulo, sofreu um desabamento que deixou quatro pessoas feridas. Localizada na Zona Sul da cidade, essa estrutura metálica tem sido motivo de preocupação há quase cinco anos, devido à sua condição precária e ao risco iminente de colapso.

Problemas Recorrentes na Marquise do Parque Ibirapuera

Histórico de Incidentes

Não é a primeira vez que a marquise do Parque Ibirapuera sofre um incidente desse tipo. Em 2017, uma parte do teto já havia desabado. Com infiltrações, trincas e corrosão evidentes, a estrutura de 27 mil m², projetada por Oscar Niemeyer, necessita com urgência de uma reforma estrutural. No entanto, uma série de impasses tem impedido a concretização desse projeto vital.

Suspensão de Edital e Impasses Buoccráticos

O novo edital lançado em 2023 para a escolha da empresa responsável pela reforma foi suspenso pelo Tribunal de Contas do Município (TCM) devido a falhas que poderiam resultar em desperdício de dinheiro público. A gestão municipal justificou sua decisão com base na proposta da Urbia, que visava reduzir o prazo de conclusão da obra de 18 meses para 16, oferecer um desconto de 5% sobre o valor estimado em R$ 71,5 milhões e abrir mão de possíveis compensações por prejuízos durante a interdição da área.

Responsabilidade e Adiamento da Reforma

Enquanto a Prefeitura de São Paulo mantém a responsabilidade pela integridade estrutural da marquise, o impasse persiste. Com o edital suspenso e a indefinição sobre um possível aditamento no contrato com a Urbia, o início da reforma permanece incerto. Além disso, a prefeitura rescindiu o contrato de R$ 500 mil com a empresa OfficePlan, encarregada dos projetos básico e executivo para a reforma, devido à insatisfação com o material apresentado.

Cronologia dos Acontecimentos

– 🗓️ 1954 – Inauguração da estrutura de 27 mil m² projetada por Oscar Niemeyer.
– 🗓️ 1987 – Pequena reforma na marquise.
– 🗓️ 2012 – Justificativa para uma reforma maior devido a danos estruturais.
– 🗓️ 2014 – Queda de parte da estrutura da platibanda.
– 🗓️ 2018 – Laudo aponta danos estruturais sérios.
– 🗓️ Atualmente – Interdição parcial da marquise devido a infiltrações.

Perguntas Frequentes

O que está impedindo a realização da reforma da marquise do Parque Ibirapuera?

Vários impasses burocráticos, suspensão de editais e rescisão de contratos têm atrasado a reforma, gerando instabilidade na estrutura e colocando o público em risco.

Quais são as propostas para solucionar esses impasses?

A proposta da Urbia de assumir a reforma com condições vantajosas pode ser uma solução viável. No entanto, a falta de definição e a necessidade de documentação técnica adequada estão prolongando a situação.

Como a população que frequenta o Parque Ibirapuera está sendo afetada por essa situação?

Com partes da marquise interditadas e uma reforma adiada, os frequentadores do parque estão privados de acessar uma estrutura fundamental, além de estarem expostos a potenciais riscos decorrentes da deterioração da marquise.





Enviar pelo WhatsApp compartilhe no WhatsApp